O Que é Marketing de Afiliados e Como Ser um Afiliado de Sucesso

O Marketing de Afiliados, em inglês “Affiliate Marketing”, é uma forma de publicidade online em que o afiliado divulga produtos e serviços de empreendedores/empresas, em troca de uma comissão por meio de cliques, por vendas ou ações específicas.

Apesar de parecer uma novidade, esse modelo de negócios surgiu na década de 90, quando a Amazon.com, gigante americana do segmento de varejo online, começou a disponibilizar o serviço para quem quisesse divulgar os produtos disponíveis na loja.

Foi aí que a estratégia de web marketing ganhou as atenções dos mais variados países, inclusive do Brasil e da América Latina.

Tudo que ela precisava fazer era criar um banco de cadastros e esperar que os Afiliados fizessem todo o trabalho de divulgação por ela.

Se a estratégia resultasse em vendas, ótimo! Se não, eles não gastavam nenhum centavo.

Isso se baseia em compartilhamento de renda.

Você tem um produto e quer vender mais, então pode oferecer a promotores um incentivo financeiro.

Quando você não tem um produto e quer fazer dinheiro, você pode promover um produto que você acha que tem valor e, assim, ganhar uma comissão com isso.

MINI CURSO GRÁTIS

Pinterest Marketing para Iniciantes

Se você tem um negócio na internet seja como afiliado ou um e-commerce, fique ligado, pois estará diante de um oceano azul ainda inexplorado!

Importância do Marketing de Afiliados para os Negócios Online

Com a evolução da internet, novos formatos de marketing aparecem todos os dias, sempre com o objetivo de ampliar os canais e as formas de chamar a atenção do consumidor.

Afinal, as pessoas estão cada vez mais antenadas e exigentes, além de saberem muito bem o tipo de publicidade que lhes interessa na hora de comprar online.

É ai que o Marketing de Afiliados entra.

Sendo mais um meio de divulgação para o criador e/ou vendedor de um produto ou serviço.

Ele pode ser visto como um processo de espalhar produtos e serviços utilizando-se de vários Afiliados para fazer o marketing desses produtos de diversas formas, repassando para esses promotores de venda parte de uma parcela da renda de acordo com a sua contribuição.

Para 99% das pessoas que querem uma renda extra ou mesmo criar um negócio online, o Marketing de Afiliados é onde tudo começa.

Você pode ser o criador, infoprodutor, profissional de marketing ou blogueiro e mesmo assim lucrar com a ideia básica de renda compartilhada.

Vamos dar uma olhada em todas as partes de um sistema de Marketing de Afiliados de sucesso.

  • O Comerciante: Algumas vezes conhecidos como o criador, o vendedor, a marca, o revendedor ou infoprodutor. Essa é a parte que cria o produto. Pode ser de uma grande empresa, loja virtual ou ser um único indivíduo. Qualquer um pode ser o comerciante por trás de um sistema de Marketing de Afiliados e através dele obter diversos canais de distribuição, impactar mais clientes e, consequentemente, efetuar mais vendas.
  • O Afiliado: Essa parte algumas vezes também é conhecida como Editor ou Publisher. Ela também pode alcançar apenas alguns indivíduos ou até empresas inteiras. Afiliados conseguem rentabilizar seus sites, blogs e redes sociais, por meio da venda de produtos de terceiros, sem precisar ter uma grande ideia ou o trabalho de criar um produto. É onde o marketing acontece. Um afiliado promove um ou múltiplos produtos e tenta atrair e convencer os consumidores em potencial para que eles realmente acabem comprando o produto do comerciante.
  • O Consumidor: O consumidor faz o sistema de afiliados girar. Com o trabalho dos afiliados, os consumidores passam a ter mais canais para pesquisar sobre produtos e fazer uma decisão de compra mais assertiva. E, sem vendas, não há nenhuma comissão para receber e nenhuma renda para compartilhar.

Programas de Afiliados e Plataformas de Afiliados

A publicidade online está em constante evolução e mudança, principalmente no mercado brasileiro.

Estar no ambiente digital não é mais um diferencial, mas uma necessidade daqueles que precisam vender seus produtos, além de ser uma ótima oportunidade para quem deseja ganhar dinheiro online, através do que chamamos de monetização de sites.

É neste contexto que surgem as plataformas de programas de Afiliados.

Um programa de Afiliados nada mais é que a oportunidade para pessoas tornarem-se anunciantes ou promotores de produtos de terceiros, em troca de comissão e uma chance de empresas, e-commerces ou infoprodutores aumentares suas vendas, leads ou tráfego em função dos resultados desses anunciantes.

A plataforma de Afiliados é o serviço disponibilizado por empresas que se encarregam de unir os infoprodutores e comerciantes.

Disponibilizando ferramentas e serviços de divulgação, financeiros, de membros, EAD, criação de anúncios e outros.

Tipos de Programas de Afiliados

Há diversos formatos para Programas de Afiliados.

Cabe ao Produtor e ao Afiliado decidir qual deles é mais adequado para o seu produto e seus objetivos de negócio.

Dentro do Marketing de Afiliados, existem diversas formas de comissionamento.

Tendo suas principais formas:

  • Custo por Mil Impressões (CPM): No formato Custo Por Mil Impressões (CPM), o anunciante paga um valor fixo para o Afiliado, quando o banner publicitário alcança mil visualizações. Vale ressaltar que o número de impressões é equivalente à quantidade de pageviews do blog, partindo do pressuposto de que quem navega em uma página já está sendo impactado pela publicidade que está ali.
  • Custo por Clique (CPC): Neste tipo de programa, o Afiliado é remunerado por clique, ou seja, ele ganha toda vez que alguém clicar no banner, pop-up, ou qualquer publicidade que estiver em exibição no seu blog, site ou redes sociais.
  • DPC (Duplo Clique): Formato exclusivo do anunciante Buscapé & Bondfaro, o DPC acontece quando um usuário clica na publicidade do Afiliado e é direcionado para uma lista de produtos/ofertas do site Buscapé ou Bondfaro e lá dentro clica em algum outro link de alguma das lojas listadas, ocorrendo assim a contabilização do segundo clique.
  • Custo por Venda (CPV): Neste modelo, o Afiliado só recebe a comissão quando o link compartilhado por ele gera vendas e é a melhor opção para o pequeno Produtor e Infoprodutor. Na Hotmart, por exemplo, as vendas feitas por Afiliados são identificadas por meio de HotLinks, que são links exclusivos gerados pela plataforma, cada vez que alguém solicita afiliação a um produto.
  • CPL (Custo por Lead Válida): O CPL é bem parecido com o CPA, porém com uma diferença: a aprovação dos Leads. Ou seja, você será bonificado toda vez em que uma pessoa for direcionada para um site através do seu canal e realizar um cadastro, o qual terá que ser aprovado pelo anunciante.
  • Custo por Ação (CPA): Já no custo por ação, o Afiliado só é remunerado se os usuários clicarem na publicidade e realizarem alguma ação na página de destino do anúncio, que pode ser realizar um cadastro, solicitar um orçamento ou fazer uma compra.

Tipos de Plataformas de Afiliados

Os primeiros formatos de propaganda online foram os banners, utilizados principalmente nos portais horizontais e pelos grandes anunciantes.

Os anúncios pay-per-click (Links Patrocinados) passaram a ser mais utilizados, assim como a publicidade em portais e todo tipo de divulgação online.

Um ótimo exemplo de publicidade através de banners hoje em dia o Google AdSense. Uma das maiores plataformas de Afiliados do mundo.

Ela remunera seus afiliados que disponibilizam espaços publicitários em seus sites/blogs com um percentual do valor pago por seus anunciantes no programa Google AdWords.

A cada clique dado nos anúncios veiculados através do Google AdSense, o Afiliado recebe 60% do valor pago pelo anunciante.

Nesse tipo de monetização a conversão está diretamente atrelada ao tamanho da audiência.

Porém, o Marketing de Afiliados possibilita que portais verticais e blogs consigam alta rentabilidade sem ter, necessariamente, uma grande audiência.

No caso de divulgação de produtos físicos, plataformas de afiliados se consolidam como uma das mais promissoras estratégias de Marketing Digital.

Nos Estados Unidos, elas representam em torno de 20% das vendas de todo o e-commerce.

Americanas.com, Submarino, Netshoes e Saraiva são alguns exemplos de anunciantes da Lomadee. Uma das grandes plataformas de Afiliados de produtos físicos no Brasil.

Ela é um espaço que agrega todas as campanhas de grandes e-commerces brasileiros, garantindo ainda mais opções de divulgação ao Afiliado.

Esta parceria de “ganha-ganha” entre grandes players e empreendedores digitais, conta também com uma ampla gama de formatos, como banners, links, hotsite, e-mails marketing, que se adequam às necessidades dos Afiliados, independentemente do veículo de comunicação adotado.

Na divulgação de info-produtos as plataformas de Afiliados estão ajudando a formar a base de muitos negócios de sucesso, criando um conceito de que qualquer pessoa pode construir um negócio online utilizando seus serviços.

A Hotmart, por exemplo, é uma das maiores plataformas de Afiliados do Brasil e é totalmente voltada para info-produtos no mercado de cursos online e têm comissões que podem chegar a até 80%, enquanto em outras plataformas de produtos físicos, os valores oscilam entre 4% e 10% do valor total da venda.

Nela você pode ser um Produtor e compartilhar o que você tem de melhor com o mundo inteiro cadastrando gratuitamente seus produtos digitais, configurando como eles serão entregues e definindo os valores de venda e de comissão para uma rede de milhares de Afiliados, com segurança e o acompanhamento de cada transação através de relatórios completos.

Você também pode ser um Afiliado e divulgar, utilizando várias ferramentas para automatizar seus processos de venda, mais de 70.000 opções de produtos em 24 categorias diferentes em troca de excelentes comissões.

Comentei acima apenas algumas que participo ou já participei e por isso indico.

Mas além dessas plataformas existem muitas outras plataformas boas para se afiliar e ganhar dinheiro na internet:

Tipos de Afiliados de sucesso e suas estratégias

Agora que você sabe tudo sobre Marketing de Afiliados, Programas de Afiliados e Plataformas de Afiliados, é hora de começar a sua odisseia a caminho de se tornar um profissional de sucesso na internet.

Ser Afiliado é uma forma de começar a ganhar dinheiro na internet muito boa e qualquer um pode se tornar um Afiliado.

Basta se cadastrar em alguma plataforma de Afiliados e começar.

Como afiliado você pula a parte de criação do produto e parte direto para a venda.

Que é sem dúvida a parte mais importante para quem quer ganhar uma renda extra ou montar um negócio de sucesso.

Além disso, é possível encontrar muitos materiais online ou offline sobre Marketing de Afiliados, técnicas, dicas e estratégias de marketing digital para se utilizar nas suas divulgações.

E para te ajudar a ser um Afiliado de sucesso, vamos te mostrar os 4 principais tipos de Afiliado que você pode ser e as melhores estratégias para cada um.

1. Afiliado Autoridade

Ele é especialista sobre determinado assunto e utiliza sua autoridade naquele nicho para indicar produtos que possam ser úteis para as pessoas que acompanham seu trabalho.

É comum que Publishers ou blogueiros que já tenham um volume interessante em suas páginas ou aqueles que construíram uma base de e-mails tornem-se Afiliados Autoridade, mas nada impede alguém de começar do zero e tornar-se um especialista em determinado mercado.

Como ser um Afiliado Autoridade:

  • Focar em um Nicho: Dar foco em um nicho específico é importante para que você consiga se posicionar como autoridade.
  • Criar audiência através do conteúdo: Publique conteúdo relacionado ao assunto do nicho.
  • Relacionamento com audiência: Se relacionar com a audiência através do blog, Canal do YouTube, Mídias e Redes Sociais, E-Mail Marketing e outros canais em que formou uma audiência ou lista de contatos.
  • Relacionar-se para ofertar produtos: Mantenha o relacionamento com sua audiência e faça ofertas de vendas consultivas de produtos que você gosta e confia e que tenha relação com o assunto que você aborda.
  • Oferecer produtos que você esteja usando: É muito mais efetivo quando você oferece produtos que você já usa, usou e confia.
  • Criar Bônus: Como você se posiciona como autoridade e conhece do assunto, você pode desenvolver e criar bônus seus para agregar à oferta de vendas de um infoprodutor. Dar bônus tem um alto poder de conversão.

2. Afiliado Árbitro

É aquele que não aparece diretamente no mercado.

O que ele faz de forma bem simplificada é comprar anúncios e vender.

Ele seleciona produtos e faz investimentos diretamente em anúncios focados em enviar para página de vendas do produtor, realizar vendas e ganhar comissões.

Como ser um Afiliado Árbitro:

  • Utilizar plataformas de PPC (Links Patrocinados) para gerar tráfego: Isso é importante. E hoje temos muitas fontes de tráfego pago disponíveis, mas não enlouqueça, vá usando uma a uma até você ficar bom em cada uma delas. As fontes de tráfego mais usadas hoje são:
    • Facebook Ads: usada por mais de 95% dos Afiliados;
    • Google Adwords: um pouco mais difícil de usar, mais muito usada também;
    • YouTube Ads: muito usada, basta você fazer uma pesquisa no YouTube e verá um exemplo;
    • Native Ads (Anúncios Nativos): Não é uma das formas mais usadas, mas vem crescendo. Você pode fazer através das Redes Taboola e OutBrain, por exemplo;
    • Compra ou troca de Mídia: Essa prática não morreu, só se atualizou com o tempo. É possível comprar ou trocar espaços publicitários em blogs relacionados ao seu nicho de atuação. Inclusive com posts patrocinados, banners e até em Redes Sociais com alto engajamento;
    • Anunciar em Canais Famosos do YouTube: Muitos YouTubers vendem espaços nos seus vídeos para anunciar produtos;
    • Uol Clicks: A principal vantagem é por ser um tráfego barato.
  • Entender Sobre Números: O afiliado precisa controlar o seu retorno sobre o investimento (ROI).
  • Escolher bons produtos para vender: É necessário avaliar a página de vendas do produto. Se o vídeo de vendas está bem feito, se mostra os benefícios do produto, se entrega bônus, se mostra a garantia, avaliar a autoridade do produtor no assunto, avaliar a aceitação e avaliação das pessoas que já compraram o produto. Avaliando isso, você poderá saber se a estrutura de vendas do produto é adequada.

3. Afiliado Apresentador

Esse é mais um afiliado social, é alguém que possui um alto engajamento nas Redes Sociais.

Tendo grandes Fan Pages no Facebook, grandes canais no YouTube, grandes perfis no Instagram e outras Mídias Sociais… Esse afiliado recomenda produtos que ele está usando para sua audiência.

É quase um Afiliado Autoridade.

Como ser um Afiliado Apresentador:

  • Grande Engajamento Social: é necessário ter um engajamento social grande, e isso pode ser feito através do Facebook, Canal no YouTube, Periscope, Instagram, Snapchat…
  • Ter uma audiência nas Redes Sociais: É fundamental ter uma audiência nas Redes Sociais te seguindo.
  • Melhores Nichos: O melhor nicho é o que você se identifica, têm afinidade ou algum conhecimento, porém analisando o mercado atual os que apresentam boas oportunidades para esse tipo de afiliado são os relacionados com estética corporal, emagrecimento, fitness ou negócios online.
  • Atuação como experimentador: Este se posiciona como alguém que pode experimentar produtos de vários nichos e recomendar para sua audiência, diferente do afiliado autoridade que se especializa em um só nicho.
  • Confiança: O foco do Afiliado apresentador não é a venda. Ele depende muito da confiança do seu público. Assim, se ele se posicionar como um Afiliado Vendedor, pode perder a credibilidade do seu público. A venda deve ser consultiva e de forma espaçada ao longo do tempo.

4. Afiliado Revendedor

O revendedor é especialista em fazer vendas no boca a boca, apesar de não conseguir escalar muito, ele sabe exatamente quais produtos indicar para as pessoas do seu círculo de convivência.

Enquanto você ainda não se torna uma autoridade ou cientista, é interessante começar testando suas técnicas como Afiliado Revendedor.

Como ser um afiliado Revendedor:

  • Mudar a visão de vendedor para consultor: Essa mudança de mentalidade deve ser aplicado por todos os tipos de afiliado. Pense como alguém que ajuda a resolver problemas.
  • Proximidade com as pessoas: Fique o mais próximo possível das pessoas. Deixe que elas conheçam todos os seus contatos.
MINI CURSO GRÁTIS

Pinterest Marketing para Iniciantes

Se você tem um negócio na internet seja como afiliado ou um e-commerce, fique ligado, pois estará diante de um oceano azul ainda inexplorado!

Conclusão

O Marketing de Afiliados é uma ótima forma de começar a ganhar dinheiro com a internet e fazer um negócio online de sucesso.

Você pode se tornar um comerciante, criando um produto e achando Afiliados para fazer parceria e promover seu produto.

Ou você pode ser um Afiliado, rota mais comum e fácil, encontrando produtos de qualidade que se encaixam em seu nicho, criando conteúdos em blogs e redes sociais, construindo lista de email ou investindo em publicidade paga com links patrocinados para fazer as divulgações.

Todas essas formas são muito rentáveis.

Mas lembre-se, trabalhar com Marketing de Afiliados é como um trabalho qualquer, você precisa investir seu tempo, dinheiro e se empenhar para alcançar o sucesso e ter um negócio online sólido e realmente lucrativo.

Você já utiliza o Marketing de Afiliados? Pensa em se tornar um Afiliado ou um Produtor?

Têm alguma dúvida, sugestão ou quer compartilhar sua opinião?

Deixe um comentário abaixo desse artigo. Seus comentários são muito úteis para outros leitores e para nós do Dicas MKT também.

Você também vai gostar:

Você quer ser VIP?

VOCÊ QUER SER VIP?!

Obtenha acesso instantâneo à minha Biblioteca de Recursos GRÁTIS. Receba as Últimas Notícias, Ofertas, DescontosBônus e Conteúdos Exclusivos que não são compartilhados em nenhum outro lugar.

Digite seu nome e endereço de e-mail AGORA e seja VIP ⤵︎

O que você achou deste conteúdo? Têm alguma dúvida ou sugestão? Comenta aí!

Nenhum Comentário, até o momento.

Deixe um comentário